Aeronave cai em Portugal perto de supermercado

O avião era pilotado por um francês, que morreu carbonizado.

Em comunicado divulgado esta tarde, o aeródromo municipal confirma que "hoje, pelas 11h05, o voo de um operador privado Symbios Orthopedie, envolvendo uma aeronave PA-31 que descolava de Cascais com destino a Marselha, com 3 passageiros e 1 tripulante a bordo, sofreu um acidente fora do espaço aeroportuário".

Contactado pelo Observador, o diretor do GPIAAF, Nelson Oliveira, diz que o organismo vai investigar as causas do acidente confirma que há testemunhas que viram o aparelho explodir no ar.

Segundo a Proteção Civil, três dos ocupantes da aeronave eram franceses e o quarto era suíço.

O aparelho caiu junto ao supermercado Lidl e a 150 metros de uma escola primária - a Escola Básica Padre Agostinho da Silva.

Almerinda Ferreira, 67 anos, estava no local quando se deu o acidente. Os feridos ligeiros estão a receber cuidados médicos apenas "por precaução".

Segundo fonte oficial do Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários, a aeronave descolou do aeródromo de Tires, tendo-se despenhado cerca de dois mil metros depois da descolagem e caído perto da superfície comercial LIDL.

Fonte da proteção civil adiantou que a explosão terá ocorrido ainda no ar.

O local está cercado, após o impacto da aeronave terá deflagrado um incêndio que está a ser combatido por pelo menos 50 bombeiros. Entretanto, o Presidente da República e o autarca de Cascais também já chegaram ao local. O aeródromo encontra-se fechado ao tráfego aéreo. Eram as 13h05 quando a SIC Notícias deu conta da chegada de Marcelo ao local do acidente.

Segundo uma nota publicada na página da Câmara de Cascais no Facebook pouco depois das 13h00, o trânsito está interrompido nesta via e na zona envolvente.

O que achou desta notícia?


Popular

CONNECT