Menina desaparecida em Foz Côa pode estar já na Turquia

A Polícia Judiciária da Guarda acredita que a menina, que desapareceu na quarta-feira em Vila Nova de Foz Côa, estará em Istambul, na Turquia.

Segundo fonte oficial da GNR, no terreno estão elementos da GNR apoiados por cães pisteiros, bombeiros e ainda investigadores da Polícia Judiciária, numa operação de busca que visa encontrar a menor de idade. A notícia é avançada pela SIC, que diz que o homem conseguiu viajar com a criança, de nove anos, com recurso a documentos falsos, pertencentes à irmã da menina.

"Foi o próprio pai que a levou".

Ontem, quarta-feira, depois da menina não ter regressado da escola, ao fim na tarde, como era expectável, a família alertou as autoridades.

As autoridades policiais estiveram esta quinta-feira em Foz Côa no sentido de encontrar a menina, indicou à Lusa fonte da proteção civil municipal.

A criança é filha de mãe romena e pai turco, estando a residir em Foz- Côa há menos de seis anos.

"Ela chegou ao recinto da escola, mas não frequentou as aulas", revelou o diretor da PJ da Guarda, que lidera a investigação, citado pelo jornal de Notícias.


Popular

CONNECT