Costa defende expulsão de eurodeputado Manuel dos Santos por "preconceitos racistas"

Perante as más reações aos seus comentários, eurodeputado socialista já disse que não irá responder "a grupos organizados das redes sociais destinados a reverter afirmações fora de contexto para ataques", garantindo que não é racista.

O eurodeputado começou por escrever que "os deputados socialistas do Porto votaram a candidatura de Lisboa como sede da Agência Europeia do Medicamento", o que considerou ser uma "verdadeira vergonha", destacando "Luísa Salgueiro, dita a cigana". "Hoje tornou-se uma vergonha para o PS. Espero que a Comissão rapidamente nos liberte da companhia de quem partilha preconceitos racistas", disse António Costa.

As palavras de Manuel dos Santos foram também alvo do repúdio do deputado e presidente da concelhia do PS-Porto, Tiago Barbosa Ribeiro, que na sua página pessoal do Facebook considerou as declarações do colega de partido como exemplo de "misoginia, racismo e xenofobia".

Sobre as declarações de Manuel dos Santos em relação a Luisa Salgueiro:1. "A Distrital do Porto do PS acompanha a participação disciplinar que o Presidente do partido, Carlos César, fará aos órgãos jurisdicionais a propósito desta atitude", lê-se num comunicado enviado às redacções. A delegação do Parlamento Europeu vai reunir a 27 de junho e vai analisar o que foi dito por Manuel dos Santos.

Em causa pode estar em cima da mesa um processo disciplinar ou outro tipo de pena, mas, por enquanto, os responsáveis não falam na expulsão do eurodeputado. "A Federação Distrital do Porto do PS retira, por isso, a confiança política a Manuel dos Santos, tendo a expectativa que este se venha a retratar de um comportamento tão ignóbil".

Criticado fora do partido, Manuel dos Santos atacou também comentadores.

Manuel dos Santos foi para Bruxelas, no ano passado, substituir Elisa Ferreira, quando esta rumou ao Banco de Portugal.

António Parada, adversário de Luísa Salgueiro na corrida à autarquia matosinhense, também já mostrou desagrado com as palavras de Manuel dos Santos, explicando, em comunicado enviado à Lusa que "condena de forma veemente" as críticas que foram dirigidas à deputada socialista Luísa Salgueiro.

A polémica sobre a localização da melhor cidade portuguesa para acolher a Agência Europeia do Medicamento teve esta sexta-feira um desenvolvimento inesperado, com a acusação lançada pelo eurodeputado do PS Manuel dos Santos contra a deputada socialista e candidata à Câmara de Matosinhos Luísa Salgueiro pelo seu voto favorável à resolução que defendia o interesse nacional na candidatura portuguesa e mencionava a cidade de Lisboa. "Mesmo assim é só enquanto não o conhecerem", rematou.

A Lusa tentou contactar Luísa Salgueiro, que hoje inaugura a sua sede de candidatura à autarquia de Matosinhos, mas até ao momento não foi possível.


Popular

CONNECT