Diego Souza se reapresenta ao Sport e novela chega perto do fim

Após o treino desta quarta-feira, o primeiro que participou desde que retornou do Rio de Janeiro, o jogador declarou, emocionado em alguns momentos, sua insatisfação com o tratamento que recebeu da diretoria do Leão. O Sport até tentava trocar passes rápidos, mas esbarrava no bloqueio da defesa catarinense. Demonstrando maior domínio e incentivado pelo público, o Leão fez a festa dos presentes à Arena de Pernambuco, quando André tabelou com Everton Felipe, invadiu a área e completou cruzamento na medida, estufando o barbante. Rithely roubou a bola no meio de campo e lançou Mena. Mena, que vem se destacando mais avançando, entrou na área e bateu firme. Sem muita inpsiração para surpreender o adversário, o Leão foi em branco para os vestiários. Sander, apesar de ter ido bem, deixou o campo para a entrada de Diego Souza, que alegou problemas pessoais e foi desfalque contra o Coritiba.

Na etapa final, Luxemburgo enxergou a ausência do poder criativo dos seus atletas e resolveu promover a modificação mais aguardada para a torcida. Aos 10, Everton Felipe cobrou falta fechada e quase marcou. Os chutes saíram por cima e pelo lado do gol de Magrão.

No programa 'A Última Palavra', Edmundo, ex-jogador e agora comentarista dos canais Fox Sports, afirmou que tinha encontrado o jogador do #sport na praia, onde perguntou se ele iria para o Palmeiras e logo em seguida, segundo o comentarista, entrou no carro do seu empresário, Eduardo Uram.

Se comparado com o empate ante o Atlético-PR, na 12ª rodada, a Chapecoense diminuiu e muito as tentativas pelos lados. O camisa 90, frio como de costume, teve apenas o trabalho de empurrar para o fundo das redes de Jandrei.

Querendo esquecer a novela Diego Souza e de olho no G6, o Sport queria aproveitar a vitória sobre o Coxa na última rodada, fora de casa, para embalar de vez no Brasileirão. Ainda teve tempo para André anotar o terceiro do Sport, após belo passe de Rogério. Um para o Sport e dois para a Chapecoense.

CHAPECOENSE: Jandrei; Apodi, Douglas Grolli, Victor Ramos e Reinaldo; Andrei Girotto (Luiz Antônio, 37'2°T), Lucas Marques (Lourency, 24'2°T), Lucas Mineiro e Seijas (Dodô, 31'2°T); Arthur e Wellington Paulista - Técnico: Vinícius Eutrópio.

Local: Arena de Pernambuco. Assistentes: Vanderson Antonio Zanotti (ES) e Vanderson Antonio Zanotti (ES). Diego Souza, aos 45 e 47 do 2º tempo. As duas chances claras criadas pela equipe contou com triangulação entre Wellington Paulista e Arthur, que por diversas vezes caiu por dentro para auxiliar o camisa 9.


Popular

CONNECT