Furacão Harvey danifica 100 mil casas nos EUA

No entanto, meses depois, e perante as investigações dos jornalistas, concluiu-se que nenhuma organização tinha recebido estas verbas.

Cerca de 1.000 vítimas da tempestade que estavam alojadas num centro cívico da cidade texana de Beaumont, uma cidade de 120 mil habitantes que está sem água potável por causa da intempérie, tiveram de ser transportadas na quinta-feira à noite para Dallas, disse esta sexta-feira Brad Peterson, um porta-voz dos serviços de emergência de Beaumont.

No caso do furacão Sandy em 2012, que alagou as costas de Nova Jersey e Nova York e provocou um impacto menor do que Harvey no Golfo do México, o Congresso aprovou 60 bilhões de dólares de ajuda adicional para a recuperação após a passagem da tempestade.

Ainda que Bossert não tenha dado um valor certo sobre o financiamento que será pedido, o Governador do Texas, Greg Abbott, estimou que o montante necessário possa chegar aos 100 mil milhões de dólares.


Especialistas assinalam que o Fundo de Alívio de Desastres Naturais da Agência Federal de Gestão de Emergências (FEMA), atualmente de 2,2 bilhões de dólares, se esgotará com rapidez diante à magnitude dos danos.

Até o momento, o número de mortos está em 25, mas é muito provável que ele aumente por conta de pessoas que não conseguiram abandonar suas casas a tempo da água invadir as residências.

A tempestade tropical Harvey, que atingiu há uma semana o Estado do Texas como um furação de categoria 4 (numa escala em que a categoria máxima é 5), provocou chuvas torrenciais, grandes inundações e desalojou milhares de pessoas só na área da cidade de Houston, a cidade mais populosa do Texas, no sul dos Estados Unidos. O recolher obrigatório, que durará até nova ordem, será levantado todos os dias às 05:00 locais.

O autarca de Houston anunciou um recolher obrigatório na cidade a partir das 22:00 de terça-feira (04:00 de quarta-feira em Lisboa).


Popular

CONNECT