Sky, da AT&T, se acerta com RedeTV!, Record e SBT — TV paga

A Record foi a que mais se prejudicou com a decisão de sair da grade de canais das operadoras.

Cinco meses após as emissoras RedeTV!, SBT e Record deixarem de ser exibidas pelas principais operadoras de TV paga, as empresas Simba e Sky anunciaram, nesta quinta-feira (31), que foi feito um acordo para que os canais voltem a ser transmitidos pela operadora. Dos R$ 15 reais pretendidos inicialmente, o valor teria caído para algo em torno de R$ 1.A Simba já tinha fechado acordo com a Vivo - a Oi não chegou a tirar os canais da grade - e falta agora acertar com o grupo América Móvil, dono da NET, Claro e Embratel, com quase 10 milhões de assinantes e líder absoluto do mercado brasileiro na TV paga. "O acordo reforça o compromisso da Sky e Simba em levar aos assinantes a melhor e mais completa oferta de conteúdo".

As negociações fora conduzidas pelo ex-presidente da Sky, Ricardo Miranda. As emissoras exigiam um novo acordo comercial com as operadoras pela disponibilização dos sinais, já que a lei permite que elas cobrem por isso.

Até a publicação desta notícia, a Sky não havia reativado os sinais de SBT, Record TV e RedeTV!. Além disso, a Simba argumenta que boa parte do conteúdo consumido pelos brasileiros, nas próprias TVs pagas, se deve a seus respectivos canais.


Popular

CONNECT