Ahmed Hassan acusado de tentativa de homicídio no ataque de Londres

A polícia afirmou que Hassan, procedente da cidade de Sunbury, nos arredores da capital, é acusado de tentativa de assassinato, posse de explosivos e de usar um composto químico conhecido como TATP para causar uma explosão. Depois de sua prisão, a polícia britânica realizou uma operação numa residência suburbana de um casal que acolheu mais de 200 crianças, incluindo refugiados do Oriente Médio. Esta sexta-feira foi formalmente acusado de tentativa de homicídio. Aparentemente a bomba não explodiu por completo. Os outros suspeitos são dois homens de 30 e 48 anos, detidos quarta-feira em Newport, no sul do País de Gales, um outro na terça-feira, também em Newport.

A bomba caseira detonou parcialmente e, segundo a chefe da polícia de Londres, Cressida Dick, estava cheia de estilhaços pelo que os danos poderiam ter sido muito piores.

A polícia britânica, que, no total fez seis detenções relacionadas com este caso, mantém ainda sob custódia mais três suspeitos, de 17, 25 e 30 anos. Após o ataque, autoridades chegaram a elevar o alerta de ameaça terrorista ao nível mais alto no Reino Unido.


Popular

CONNECT