Terremoto de magnitude 3 atinge o nordeste da Coreia do Norte

Os constantes e recentes testes com bombas nucleares na Coreia do Norte tem levantado suspeitas e gerado medo entre as pessoas, usuários de redes sociais já comentam o assunto, vários internautas ligaram o mais recente terremoto, de 7,1 na escala Richter, ocorrido no México esta semana, com os testes nucleares do ditador Pyongyang.

O sismo detetado este sábado na Coreia do Norte foi muito provavelmente uma réplica sísmica do ensaio nuclear efetuado em 3 de setembro por Pyongyang, segundo a Organização do Tratado de Interdição Completa dos Ensaios Nucleares. A entidade que administra sismos na China diz que o evento parece ter relação com uma explosão suspeita, não divulgada pela Coreia do Norte.

Não houve ainda uma reacção imediata do ministro dos Negócios Estrangeiros chinês, Ri Yong Ho, que está neste momento em Nova Iorque onde participa na abertura da Assembleia Geral.

O tremor, que aconteceu às 16h09 (horário local, 4h29 de Brasília), foi detectado no condado de Kilju, onde está localizada a base nuclear norte-coreana, onde o regime de Kim Jong-un realizou, no último dia 3, seu sexto teste nuclear.

Segundo informações de agências internacionais, a área fica a 20 quilômetros a sudeste do local onde o país realizou seu mais poderoso teste nuclear.

À Reuters, um membro da agência meteorológica governamental sul-coreana indicou acreditar que se tratava de um evento natural.

Os contínuos testes da Coreia do Norte e a dura retórica usada pelos Estados Unidos desde a chegada de Donald Trump à presidência elevaram a tensão na região a um nível inédito.


Popular

CONNECT