Aumenta o número de crianças mortas no ataque incendiário a creche

Mais uma criança que sobreviveu ao ataque a creche Gente Inocente, em Janaúba, região Norte de Minas, recebeu alta médica na tarde deste domingo (8). O Corpo de Bombeiros disse que o nome da vítima é Talita Vitória Bispo. O vigia também morreu, assim como a professora Helley Abreu Batista, de 43 anos, que tentou impedi-lo fisicamente e ajudou no resgate de crianças.

Na manhã deste sábado, 16 crianças receberam alta. Outras duas crianças seguem internadas no Hospital Infantil João Paulo II.

De acordo com a assessoria de imprensa do Hospital João XXIII, em Belo Horizonte, a criança que morreu foi a menina de quatro anos que havia sido transferida de Montes Claros nesta madrugada. Unidade é referência no estado em tratamento de queimaduras.


- Elas estão saindo com uma folha com orientações, caso sinta algum sintoma estamos pedindo para retornar ao hospital. Elas estavam internadas em hospitais de Janaúba e Montes Claros. As crianças ficaram internadas em observação porque tiveram contato com a fumaça.

As vítimas estavam na creche na última quinta-feira, quando o vigia Damião Soares dos Santos, de 50 anos, que trabalhava no local, realizou o ataque. Três crianças estão no Hospital Municipal Odilon Behrens. Dentre eles, apesar do estado grave, duas crianças já estão respirando sem ajuda de aparelhos.

Heley teve 90% do corpo queimado.


Popular

CONNECT