Dove pede desculpas por campanha considerada racista

Nas fotos, a marca mostra uma mulher negra que tira sua camiseta e se "revela" branca ao usar um dos seus sabonetes.

Alguns internautas também resgataram outros casos de racismo relacionadas a Dove.

A chuva de críticas levou a marca a retirar imediatamente a publicidade, mas muitos utilizadores conseguiram copiar e gravar as imagens do vídeo, sendo novamente divulgadas nas redes sociais. "Pedidos desculpa pelos danos causados", acrescentou a empresa. "Em uma imagem postada recentemente no Facebook, erramos ao representar as mulheres negras. Lamentamos profundamente as ofensas que podem ter sido causadas", escreveu a marca na sua conta oficial do Twitter.

Contudo, vários internautas acreditam que muitas pessoas se apressaram a tirar conclusões sem mesmo ter visto toda a propaganda, ou seja, sem ter visto a terceira "transformação".


O anúncio começou a receber diversas críticas na rede social.

Esta não é a primeira vez que um anúncio da Dove é considerado racista.

O anúncio da Dove não é um caso isolado de uma empresa - a própria marca já foi acusada de racismo anteriormente.

Em 2011, um conjunto de fotos dava a entender que a pele ficava mais limpa quanto mais clara fosse e também foi muito contestada na internet. Em 2015, um produto da marca gerou polêmica ao anunciar que poderia ser usado por pessoas com "peles normais e negras".


Popular

CONNECT