"Devia ser proibido jogar em sintéticos" — Jorge Jesus

"Devia ser proibido. Mas vamos jogar e vamos com todo o gosto", afirmou, acrescentando que tem, no entanto, todo o gosto em ir jogar a Oleiros.

"A Taça de Portugal é uma das competições mais bonitas, com muita paixão, embora o campeonato nacional seja o mais importante". Oleiros tem sido infeliz por causa dos incêndios.

A capacidade do estádio municipal de Oleiros, de 2.250 lugares, está completamente esgotada, pelo que a ARCO em cooperação com o município local, vai colocar uma tenda, onde estará um ecrã gigante, com a transmissão direta do jogo. "Agora se calhar não tem iluminação para as televisões, mas foge à realidade, porque a Taça é para promover o futebol", afirmou Jorge Jesus. Opusemo-nos, sim, ao sintético, porque não é compatível para uma equipa profissional. Devia ser proibido jogar-se em campos sintéticos. "No dia a seguir a jogar num sintético, os jogadores sentem-se como se tivessem levado com um pau", referiu.

O Sporting é o único dos 'três grandes' que irá visitar o reduto do seu adversário na 3ª eliminatória da Taça de Portugal, uma situação que Jorge Jesus considera tirar 'algum brilho' à própria matriz da competição.

Já o avançado angolano Gelson Dala, que tem alinhado pela equipa B, é presença assegurada no encontro em Oleiros.

Por outro lado, Jorge Jesus aproveitou a ocasião para endereçar os parabéns à selecção portuguesa, que na terça-feira assegurou a qualificação para o Mundial 2018.

Sporting e Oleiros jogam na quinta-feira, a partir das 20:15, no Estádio Municipal de Oleiros, numa partida que será dirigida pelo árbitro Gonçalo Martins, da Associação de Futebol de Vila Real.


Popular

CONNECT