Golpe no WhatsApp já atinge mais de 135 mil cliques — FGTS Retroativo

A empresa de segurança na internet Eset (Detecção Proativa de Ameaças) encontrou e identificou uma nova mensagem do aplicativo de mensagens que veicula um golpe: a promessa da liberação de valores oriundos das contas inativas do FGTS. A nova fraude utiliza informações de uma falsa notícia sobre um pagamento retroativo de FGTS de R$1.760 para tentar fisgar novas vítimas.

Após informar seus dados pessoais, a vítima é orientada a compartilhar o golpe com 5 amigos no mensageiro para poder acessar a lista de confirmação para receber o benefício e, para passar credibilidade ao golpe, os criminosos mostram falsos usuários e comentários no Facebook, como se o saque tivesse sido bem-sucedido. Este novo golpe já teve mais de 135 mil cliques e foi descoberto pela companhia de segurança ESET.

"Como sempre, a regra de ouro é: 'para estar seguro, mantenha-se atento'". Além disso, não compartilhe publicações do tipo. "Mesmo não realizando a propagação de um malware, esses ataques podem causar prejuízos financeiros às vítimas", explica Cassius Puodzius, Security Researcher da ESET América Latina.


Popular

CONNECT