Incêndios florestais na Califórnia já mataram 15 pessoas

Pelo menos dez pessoas morreram nesta segunda-feira (9) devido aos incêndios que atingem o norte da Califórnia, na costa oeste dos Estados Unidos.

Autoridades afirmam que os incêndios ainda descontrolados são uma das piores situações de emergência já registradas na Califórnia. A região é conhecida por suas famosas vinícolas, que representam parte da economia local.

Mais de 1.500 imóveis comerciais e residenciais foram destruídos e 20 mil pessoas, desalojadas.

Sete das vítimas mortais foram registadas em Sonoma, não se sabendo ainda detalhes sobre como as mortes ocorreram.

Centenas de bombeiros e policias de outras regiões deslocaram-se para a Califórnia para reforçar a luta contra o fogo, com as autoridades a referirem que esperam que as temperaturas mais baixas e os ventos mais fracos ajudem a travar os incêndios.

A destruição causada pelos incêndios surpreendeu as autoridades, já que em apenas algumas horas o vento levou as chamas por milhares de hectares.

O maior incêndio atingiu os condados de Napa e Sonoma, cobrindo 109 quilômetros quadrados e 101 quilômetros quadrados respectivamente.

O governador Jerry Brown declarou estado de emergência para os condados no norte da Califórnia produtores de vinho Napa, Sonoma e Yuba, conforme chamas se espalhavam sem controle e cercavam a região em espessa fumaça que flutuou para San Francisco e Oakland. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters.


Popular

CONNECT