Meia Kaká anuncia saída do Orlando City e deixa futuro em aberto

Agora é a vez de Kaká anunciar o adeus ao campeonato norte-americano, ainda que no caso do brasileiro a despedida, pelo menos para já, não represente um total pendurar das chuteiras.

"Temos discutido a renovação nos últimos meses e, depois disso, pensei muito e minha decisão final é não renovação com o Orlando", declarou o meia em entrevista coletiva. "Estou aqui para anunciar que meu primeiro ciclo como jogador do Orlando vai terminar no final da temporada e quero agradecer todo mundo", iniciou Kaká em seu pronunciamento.

No entanto, o atleta de 35 anos descartou se aposentar e deixou seu futuro em aberto - sem falar em um possível retorno ao São Paulo, clube que o revelou.

Depois de três temporadas, Kaká não ficará no Orlando City. "A minha decisão não tem a ver com a minha condição física, nem será assim no futuro", disse, em conferência de imprensa, em declarações reproduzidas pelo Daily Mail.

"Preciso de uma nova motivação e um novo desafio na minha vida, isso é o mais importante para mim agora". Uma limitação por conta de uma lesão recorrente no púbis destruiu as arrancadas fulminantes que encantaram a torcida do Milan e o fizeram artilheiro da Champions League na temporada 2006/2007. Mas o próprio Kaká, o torcedor são-paulino - ou de qualquer outra equipe que o contratar - e quem é fã de futebol tem que entender que este é o Kaká 2017 e não aquele eleito melhor jogador do Mundo em 2007, o último antes da hegemonia Messi/Cristiano Ronaldo.

O brasileiro Kaká não permanecerá no Orlando City em 2018.

Em um dos caminhos apontados é que o São Paulo FC aparece como real candidato a repatriar seu ídolo.


Popular

CONNECT