Trump desejaria multiplicar por 10 arsenal nuclear dos EUA

É a resposta da famosa associação de 'génios' ao desafio lançado pelo presidente numa entrevista de terça-feira: se Rex Tillerson quiser medir o seu Q. I. contra o dele, Trump está a fim.

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, referiu numa reunião com a sua equipa de segurança nacional em julho o seu desejo de multiplicar por dez o arsenal nuclear do país, informou hoje a televisão norte-americana NBC.

"Ficção completa com o objectivo de prejudicar".

A ameaça aconteceu por meio da rede social Twitter, quando o presidente escreveu: "Com todas essas notícias falsas saindo da NBC e de outras emissoras, em qual ponto seria apropriado cassar a licença delas?"

No Twitter, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, cogitou revogar a licença da emissora de televisão NBC após uma reportagem do canal o desagradar. A afirmação surgiu na sequência dos rumores que indicam que Tillerson chamou "idiota" ao presidente norte-americano. A Comissão Federal de Comunicações (FCC, na sigla em inglês), órgão responsável pelas telecomunicações nos Estados Unidos, também não comentou o caso até o momento. As palavras de Trump, entretanto, podem inibir o trabalho jornalístico da emissora.

O que significa que só um conjunto de queixas em massa, de indivíduos residentes em todas áreas onde a NBC é transmitida, poderia pôr em causa a sua autorização de transmissão. "Quando deixarmos de ter uma Primeira Emenda e um governo democrático". "A falsa NBC News inventou uma história de que eu queria aumentar nosso arsenal nuclear".


Popular

CONNECT