Comissão Técnica entrega relatório na quinta-feira — Incêndios

A Comissão Técnica Independente sobre os incêndios na região Centro, em junho, admitiu hoje que poderiam ter sido tomadas medidas nas primeiras horas do combate ao fogo para evitar consequências mais graves.

António Costa falava aos jornalistas após ter estado presente na sessão de lançamento do Roteiro para a Neutralidade Carbónica 2050, na Culturgest, que teve a presença do ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, e do presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina.

O primeiro-ministro reagiu, esta quinta-feira à tarde, às conclusões conhecidas da comissão técnica independente sobre o incêndio de Pedrógão Grande.


Recorde-se que a criação da comissão responsável pelo documento foi pedida pelos sociais-democratas, tendo depois sido aprovada no Parlamento.

Como o Conselho de Ministros extraordinário será realizado no dia 21, o tema dos incêndios não será uma prioridade no debate quinzenal agendado para 18 de outubro. "Queremos passar das recomendações do relatório à prática", declarou o líder do executivo. "De uma forma informada e cientificamente robusta, esse relatório permitir-nos-á olhar para o que se passou e para um desafio de fundo que tem pela frente", acrescentou.


Popular

CONNECT