Levir não mexe no Santos contra a Ponte e explica: "Poderíamos perder"

O técnico Levir Culpi realizou uma espécie coletiva relâmpago após o empate do Santos contra a Ponte Preta por 1 a 1, nesta quinta-feira (12).

Com o empate, o Santos chegou aos 48 pontos, em segundo lugar no Brasileirão e a dez do líder Corinthians quando faltam dez rodadas para o término do torneio.

- Precisamos ter mais atenção e, com a bola, mais coragem de jogar no campo da Ponte Preta. O adversário será o Vitória, no Pacaembu. E o abafa inicial rendeu o primeiro gol para o time da casa em uma jogada que provocou muitas reclamações dos oponentes. Na sobra, Naldo chutou para o fundo da rede. E assim, esteve perto de ampliar aos 43.

O tento perdido custou caro.

De 2015 até então, Palmeiras e Santos travam grandes clássicos recheados de provocações, catimba e decisões importantes. No segundo tempo, ele repetiu a defesa em cabeçada de Bruno Henrique. Quando conseguiu, parou no goleiro Aranha, que fez excelente defesa em cabeçada do zagueiro Lucas Veríssimo. A dupla foi testada pela técnico Levir Culpi no treinamento da última terça-feira e pode dar uma cara diferente ao meio-campo do Peixe. Levir assegurou, porém, que a sua equipe segue com chances de ser campeã. Ele sacou Jean Patrick e mandou a campo Felipe Saraiva, trocou Naldo por Jadson e tirou Emerson Sheik para colocar Léo Gamalho.

Ponte e Santos fizeram um duelo quente já nos minutos iniciais no Moisés Lucarelli, com entradas duras e dividas fortes.

Ambos os times contam com desfalques. Isso porque o lateral tinha em "suas costas" o atacante Bruno Henrique, o veloz artilheiro do Santos na temporada.

Mesmo com um a menos, a Ponte Preta se arriscou. Levir justificou que não arriscou nenhuma mudança com medo de perder. Baixe o App oficial do FutNet no Google Play Store ou na Apple App StoreEm meio a especulações sobre o futuro de alguns jogadores, como Lucas Lima e Ricardo Oliveira, Bruno Henrique deu uma declaração para alegrar o torcedor santista. Renda: R$ 120.475,00. Público: 13.983 (total). Cartão vermelho: Fernando Bob.


Popular

CONNECT