Palmeiras abre 2, mas cede empate ao Bahia

Era um daqueles jogos em que poderia se dizer que a derrota era um resultado injusto para o Bahia. Após sair perdendo por 2x0, o tricolor buscou o empate com dois gols de Edigar Junio, o segundo de pênalti, aos 43 minutos da etapa final.

Com o resultado, o Palmeiras fica com 44 pontos, na quinta colocação, enquanto o Bahia, com 32 pontos, é o 14º e se afasta da briga contra o rebaixamento. Parecia que o Bahia era quem estava na parte de cima da tabela. Com um desvio meio sem querer, o meia alviverde ajeitou para Willian só empurrar para o gol e abrir o placar. A primeira boa finalização veio com Mendoza, aos 18 minutos. Nascido em Salvador e autor de um dos gols do Verdão na vitória do primeiro turno por 4 a 2, na Fonte Nova, ele será reserva no duelo da 27ª rodada do Brasileiro, mas espera entrar para conseguir seu primeiro gol pelo time no Pacaembu.

Parecia um início de noite tranquilo para o Verdão, mas o Bahia, comandado pelo estreante Paulo César Carpegiani, passou a encontrar espaços pelo lado do campo e obrigou Fernando Prass e fazer duas defesas, em chutes de Mendoza (aquele mesmo, ex-Corinthians) e Vinícius. Deyverson alçou a bola na área e Willian, livre, escorou para a meta defendida por Jean. A equipe alviverde só não saiu derrotada do jogo por causa de uma excelente atuação do goleiro Fernando Prass. Edigar Junio converteu e fez o seu segundo gol no jogo. Aos 41 minutos, mendonza foi derrubado na área por Roger Guedes. Edigar Junio cobrou no canto e decretou o empate, 2 a 2.

- Foi especial ter enfrentado o Bahia e poder ter marcado um gol aquele dia, principalmente porque tinham muitas pessoas da minha família e amigos lá na Fonte Nova.


Popular

CONNECT