Teste bem sucedido de Robert Kubica com a Williams

Robert Kubica, que está tentando retornar à Fórmula 1 após quase seis anos sem competir na categoria, foi elogiado por Bernie Ecclestone após realizar teste com a Williams na última quarta-feira. Há semanas começou a falar-se insistentemente no interesse da Williams em Robert Kubica, até que a equipa decidiu dar-lhe uma oportunidade ao conceder-lhe um teste com o carro de 2014, fazendo o mesmo com Paul di Resta, que tem colaborado com a formação britânica de há uns anos para cá.

"Se Kubica não tivesse sofrido o acidente, penso que teria sido campeão", garantiu Ecclestone em entrevista ao Autosport, relembrando o grave acidente que o polaco sofreu em 2011 no rali "Ronde di Andora", em Itália. Mentalmente, acredito que ele provavelmente será mais agressivo do que era. Então eu só consigo ver boas coisas para ele. "Será bom para a F1", garantiu. Contudo, o ex-dirigente crê que o brasileiro já fez sua parte na F1 e que talvez fosse a hora de a Williams apostar no polonês para dar "uma acordada", já que o time não tem conseguido bons resultados.

Ecclestone sabe que a vinda de Kubica significaria a ida de Felipe Massa. Se é só por causa dos pilotos ou da equipe em geral, eu não sei. "Se Robert estiver por lá, ele pode acordar muitas pessoas", declarou. A escuderia de Grove confirmou a informação e, sem muitos detalhes (número de voltas, melhor tempo.), se limitou a afirmar que a experiência foi "bem-sucedida".

O piloto polaco já tinha este ano realizado testes para a Renault, primeiro em Espanha com um monolugar antigo, e depois com o atual em Hungaroring, mas afastou a possibilidade de Kubica vir a integrar a equipa.


Popular

CONNECT