"Chapa sete" do Man City, Bernardo estreia-se a marcar — Inglaterra

Os Citizens massacraram os Potters do início ao fim, construindo um placar elástico de 7 a 2.

O meia belga deu duas assistências e participou da construção da jogada de outros três. O primeiro tempo não foi da maneira como Mauricio Pochettino esperava e o gol derradeiro saiu apenas no início da segunda etapa. O City chegou aos 22 pontos, dois a mais que o vice-líder Manchester United, que ontem ficou no empate por 0 a 0 com o Liverpool, em Anfield. Com estes sete golos chegou aos 29 marcados e é a primeira equipa na história da Premier League a chegar a esta marca com apenas oito jogos realizados. No mesmo dia, o Stoke City encara o Bournemouth, em casa. O ex-atacante do Palmeiras foi um dos destaques na goleada do Manchester City diante do Stoke City por 7 a 2. Assentou-se no campo do rival, de modo a não deixar o oponente ver a cor da bola. Gabriel Jesus fez a parede para dar a assistência. Aos 17 minutos, o lateral-direito Walker rolou para o camisa 33 chutar para o fundo das redes e o goleiro nada pôde fazer para impedir o tento assinalado. O segundo dele saiu aos 09 minutos do segundo tempo. O meia Kevin De Bruyne não marcou, mas foi como um maestro ao dar lindos passes.

Com volume de jogo altíssimo, o time de Pep Guardiola não demorou a fazer o terceiro. Levantou a cabeça e cruzou para a entrada de Jesus, que tocou de pé esquerdo.

Nesta temporada, David Silva já disputou nove partidas pelo clube e ainda não marcou.

O Stoke estava completamente dominado. Um competidor, lutador, vencedor e tem a qualidade para manter a bola. Diouf tabelou com Shaqiri e chutou. Martins Indi e Afellay entraram nas vagas de Wimmer e Jesé, respectivamente.

Dois minutos depois, os donos da casa ampliaram a vantagem. Aos 16 minutos Walker recebeu do meio-campista de De Bruyne, craque da partida com participação em todos os gols, e cruzou rasteiro para área. Depois, Fernandinho acertou um petardo de fora da área, marcando um gol primoroso. Entre os 10 e os 16 minutos a vantagem foi ampliada para 6 a 2.

Com o jogo ganho faltando mais de 25 minutos para o término, Pep Guardiola começou a poupar alguns jogadores para o confronto do meio de semana, contra o Napoli, pela Champions League. Além de três gols dos brasileiros, Bernardo Silva, Sterling, David Silva e Sané marcaram um cada e deram os números dos sete tentos dos Cities.

Ainda deu tempo para o sétimo.

"Silva é um jogador especial, que eu gosto muito". Ponto-final em uma exibição de gala do City.


Popular

CONNECT