PSG goleia Anderlecht e fica perto das oitavas da Liga

Nos primeiros 10 minutos, o PSG criou três chances de marcar.

O jogo - O primeiro tempo do Paris Saint-Germain não foi brilhante, apesar de a equipe francesa não ter demorado para abrir o placar.

Nesta quarta, contra o Anderlecht, o jovem atacante francês foi o primeiro a balançar a rede, e logo com três minutos de jogo.

Depois do baque inicial, o Anderlecht acordou e foi para cima dos visitantes na tentativa de igualar o confronto.

Os adversários ainda não encontraram a fórmula para conter o trio de ataque do Paris Saint-Germain nesta Liga dos Campeões. Neymar recebeu uma bola de Mbappé na intermediária, avançou um pouco e disparou uma bomba da entrada da área. Mbappé aproveitou lançamento de Verratti, invadiu a área e chutou cruzado para botar o PSG em vantagem. Já no final da primeira etapa, aos 44 minutos, o PSG, enfim, ampliou. A sobra ficou com Mbappé, que tocou de cabeça para Cavani finalizar. Mbappé, de cabeça, mandou a bola para a cabeçada fatal do artilheiro Cavani.


Apesar do ótimo início de temporada com gols e assumindo o papel de protagonista do PSG, o grande favorito para conquistar tanto a "Bola de Ouro" como o prêmio "The Best" é o português Cristiano Ronaldo, que além de ser campeão espanhol conquistou a Liga dos Campeões com o Real Madrid.

Aos 20 minutos do segundo tempo, Neymar imitou Ronaldinho Gaúcho e, em cobrança de falta, bateu rasteiro por baixo da barreira —uma jogada que foi consagrada pelo duas vezes melhor do mundo. No rebote, Henry Onyekuru explodiu a bola no travessão.

Com 3 a 0 no placar, o Anderlecht perdeu a motivação para correr atrás do prejuízo e Emery aproveitou para colocar Di Maria em campo no lugar de Cavani, certo de que espaços apareceriam no aberto sistema defensivo belga. Di Maria fechou as contas, aos 88 minutos.

O PSG segue com a vida bastante tranquila na Uefa Champions League. De volta ao Bayern de Munique depois de anunciar sua aposentadoria em 2013, quando o time alemão não só faturou o título continental, mas também a tríplice coroa, o treinador parece, aos poucos, estar recuperando o bom futebol que Carlo Ancelotti não conseguiu fazer seus jogadores reproduzirem dentro das quatro linhas.


Popular

CONNECT