Microsoft irá deixar de fabricar o acessório Kinect

A Microsoft deixou de produzir o Kinect, reconhecendo aquilo que a comunidade já tinha percebido há algum tempo: o acessório não vai revolucionar a forma como interagimos com os videojogos.

"Quando introduzimos a Xbox One, desenhamo-la para que a melhor experiência envolvesse o Kinect". A empresa garantiu que, apesar da decisão, o aparelho vai continuar funcionando normalmente nos consoles.

De acordo com o artigo publicado no site da Microsoft, a contagem de pixels desses jogos é até quatro vezes maior no Xbox One e no Xbox One S, e até 16 vezes maior no Xbox One X. Porém, o console mais poderoso da atualidade ainda não está preparado para rodar os games, mas isso acontecerá em breve. Em junho de 2014, começaram a ser vendidos os primeiros modelos do console sem o Kinect e seu uso deixou de ser exigido.


A empresa de Redmond fez ainda saber que as vendas do Kinect alcançaram os 35 milhões de unidades, que a tecnologia foi adicionada ao headset HoloLens, e que o serviço de apoio ao cliente permanece activo.

No Xbox One, o dispositivo é utilizado principalmente para games de dança e ginástica como Just Dance, Dance Central, Zumba Fitness World Party e Shape Up. No Xbox One, apenas alguns títulos aproveitam toda a capacidade do produto.

Numa entrevista conduzida pelo co.design com Alex Kipman, criador do dispositivo, e Matthew Lapsen, Marketing Manager dos dispositivos Xbox, este último lembrou que a Xbox One foi toda ela, desenvolvida com o Kinect em mente.


Popular

CONNECT