Goiás conta com "ajudinha" do Guarani e se livra do rebaixamento

Na 14ª colocação com 44 pontos, o Goiás não pode mais ser alcançado pelo Luverdense, que tem somente um jogo a ser disputado e já caiu para a Série C. Desta forma, o clube goiano agora passa apenas a cumprir tabela.

Porém, se o Luverdense vencer, os alagoanos precisam garantir a vitória em cima do Tricolor, no próximo sábado (18), às 17h30 (horário de Brasília), no Rei Pelé, se quiserem permanecer na Série B do ano que vem.

Com no mínimo um empate ao final do jogo, o time campineiro não poderia mais ser ultrapassado pela equipe mato-grossense -faltando uma rodada, não poderia ser superado nos critérios de desempate-, que decretaria seu rebaixamento. Jogando em casa, o Guarani começou pressionando e criou boa chance em cabeçada de Willian Rocha. Levando vantagem nas bolas aéreas, o Bugre assustou a meta do Luverdense com Willian Rocha e Bruno Mendes. A melhor oportunidade, porém, foi criada pelos campineiros aos 36 minutos.

Logo aos cinco minutos do segundo tempo, Diego Jussani afastou mal e a bola sobrou nos pés de Rafael Silva, que finalizou de primeira e viu a bola "lamber" a trave do goleiro Leandro Santos.

Lisca dirigirá o Guarani à beira do campo pela primeira vez
Lisca dirigirá o Guarani à beira do campo pela primeira vez

CARTÕES AMARELOS - Leandro Santos e Betinho (Guarani); William, Erik, Sérgio Mota e Pablo (Luverdense). O técnico Júnior Rocha ainda não definiu a equipe titular.

O gol não quis mesmo sair nesta sexta.

É a tal combinação que daria ao time catarinense a condição de escapar do rebaixamento.

LUVERDENSE: Diogo Silva; Aderlan, Pablo, William e Paulinho; Guly (Ricardo), Marcos Aurélio, Douglas Baggio (Léo Cereja); Rafael Ratão (Erik), Rafael Silva e Sérgio Mota.



Popular

CONNECT