CCJ da Câmara aprova PEC que prevê fim do foro privilegiado

A expectativa do relador, deputado Efraim Filho (DEM-PB), é que os trabalhos sejam iniciados ainda neste ano, com a instituição de uma comissão especial para analisar o tema.

Um estudo da Consultoria Legislativa do Senado aponta que mais de 54 mil pessoas têm direito a algum tipo de foro privilegiado no Brasil, garantido pela Constituição Federal ou por constituições estaduais.

"O foro privilegiado é um resquício aristocrático, arcaico, que precisa ser atualizado".

Como a PEC ainda será debatida em comissão especial na Câmara antes de ser levada a votação em plenário, Marcelo Delaroli defende o fim de privilégio para autoridades. São necessários 308 votos dos 513 da Câmara dos Deputados e a sanção do presidente Michel Temer para ser aprovada.


Por se tratar de uma emenda constitucional, o texto da proposta terá que voltar para o Senado e passar novamente por duas votações caso seja modificado na Câmara. Para ele, acabou por "virar regra" o que era uma exceção. O senador ressaltou que a própria Constituição prevê que todos são iguais perante a lei. Se de um lado há o crescente clamor social pelo combate à corrupção, de outro temos um sistema desigual entre as autoridades e os cidadãos comuns desprovidos de prerrogativas. A proposta também proíbe que constituições estaduais criem novas categorias de foro privilegiado, como ocorre hoje.

A proposta analisada na CCJ não altera a proibição da prisão de parlamentares federais, que só pode ser feita em flagrante de crime inafiançável.

Nesta quinta-feira (23), o STF deve julgar uma ação que pode levar à restrição das regras do foro privilegiado antes mesmo da aprovação da PEC pelo Congresso. Os defensores argumentam que, na primeira instância, o poder de influência dos políticos sobre a magistratura local representará uma chance maior de impunidade.

Há 29 PECs sobre o assunto apensadas a essa, que foi aprovada pelo Senado em junho. De acordo com Barroso, os detentores de foro privilegiado, como deputados e senadores, somente devem responder a processos criminais no STF se os fatos imputados a eles ocorrerem durante o mandato.


Popular
  • Sporting ganha frente ao Olympiacos (3-1)

    Sporting ganha frente ao Olympiacos (3-1)

    Três minutos depois, com insistência, Bruno César aumentou a vantagem, após um primeiro remate ter sido bloqueado. Na segunda parte, ao minuto 66, Bas Dost bisou na sequência de um pontapé de canto de Bruno Fernandes.
    A Fazenda: Record arma para ter Marcos e Flávia na grande final

    A Fazenda: Record arma para ter Marcos e Flávia na grande final

    Um prêmio de R$ 1,5 milhão para o vencedor e mais R$ 500 mil em prêmios que vão ser disputados ao longo da temporada. Na terça-feira, dia 21, mais uma roça foi definida em A Fazenda - Nova Chance, com a decisiva Prova do Fazendeiro.
    Tribunal da ONU condena ex-general sérvio-bósnio à prisão perpétua

    Tribunal da ONU condena ex-general sérvio-bósnio à prisão perpétua

    Mladic foi indiretamente o "responsável" pela criação do TPI, segundo apontam os analistas, por conta de seus graves crimes.
  • Governo lança carteira de trabalho digital e outros serviços online

    Governo lança carteira de trabalho digital e outros serviços online

    Caso estejam corretas, o trabalhador será direcionado a responder um questionário com cinco perguntas sobre seu histórico laboral. São quatro medidas: a Carteira de Trabalho Digital; o Sine Fácil 2.0; o Seguro-Desemprego Web; e a Escola do Trabalhador .
    Alexandre Fonseca é o novo líder da Portugal Telecom

    Alexandre Fonseca é o novo líder da Portugal Telecom

    Quem sai mesmo da Altice é Paulo Neves, o homem que antecedeu Claudia Goya na presidência executiva da PT. O Alexandre dirigir-se-á a vós nas próximas horas para vos detalhar a sua estratégia e objetivos comuns.
    Moraes autoriza condução coercitiva de curador da Queermuseu para depor em CPI

    Moraes autoriza condução coercitiva de curador da Queermuseu para depor em CPI

    Fidelis deve ser levado nesta quinta, 23, pela Polícia Federal até o Senado, em Brasília para prestar esclarecimentos. A CPI tem o objetivo de investigar "maus tratos a crianças e adolescentes".
  • Real Madrid 'à pesca' de novo avançado em Milão

    Real Madrid 'à pesca' de novo avançado em Milão

    Durante programa, ele foi categórico: "Hoje posso dizer que Icardi, no próximo ano, estará no Real Madrid, no lugar de Benzema". O argentino, que tem contrato até 2021 com a Inter, já anotou 13 gols no início da temporada do futebol italiano.
    Monalysa Alcântara se manifesta sobre Dia da Consciência Negra

    Monalysa Alcântara se manifesta sobre Dia da Consciência Negra

    O dia 20 de novembro foi escolhido, pois neste dia, no ano de 1695, morreu Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares. O Prefeito Olavo Condé parabenizou a iniciativa do Legislativo em celebrar uma data tão importante.
    Benfica. Svilar não segue viagem para Moscovo

    Benfica. Svilar não segue viagem para Moscovo

    As equipas defrontam-se quarta-feira às 17 horas, no penúltimo jogo do Grupo A da'Champions. Rui Vitória também não pode contar com Júlio Cesar, a contas com uma lombalgia.
  • Brasil gasta mal e de forma injusta, diz Banco Mundial

    Brasil gasta mal e de forma injusta, diz Banco Mundial

    Mas para isso, teria que reduzir os privilégios, focando o atendimento dos serviços nos segmentos mais pobres da população. Com relação à Previdência , o estudo aponta que 35% dos subsídios beneficiam aqueles que estão entre os 20% mais ricos.
    Trump declara Corea del Norte como Estado patrocinador del terrorismo

    Trump declara Corea del Norte como Estado patrocinador del terrorismo

    El mandatario norteamericano urgió a al régime de Pyongyang a "poner fin a su ilegal desarrollo nuclear y de misiles balísticos". Tillerson confirmó el lunes que el uso de armas químicas en el asesinato es un factor que se encuentra tras la designación.
    Antonio Ledezma y Diego Arria se reúnen en Madrid

    Antonio Ledezma y Diego Arria se reúnen en Madrid

    El exalcalde de la capital venezolana, explicó que después de más de 1.000 días preso había llegado el momento de denunciar "los desmanes" del presidente Nicolás Maduro . "Creo que, encerrado en la tumba (.), yo no soy útil como puedo comenzar a serlo desde el exilio", añadió.

CONNECT