Google recebe localização de usuários do Android mesmo com apps fechados

Uma investigação do site Quartz constatou que o Google vinha coletando dados de localização de usuários do Android mesmo quando o GPS e outros serviços relacionados estavam desligados.

"O resultado é que o Google, a unidade do Alphabet atrás do Android, tem acesso a dados sobre os locais por onde andam os indivíduos e os seus movimentos, esta prática viola em muito qualquer expectativa razoável de privacidade do consumidor", escreveu o jornalista da Quartz Keith Collins.

Ainda assim, um porta-voz da gigante garantiu que a empresa não armazena esses dados, tampouco os usa para outras finalidades além de aprimorar a velocidade da entrega de mensagens e notificações. Uma atualização no serviço Firebase Cloud Messaging fez com que ele passasse a coletar códigos gerados pela comunicação entre um celular Android e antenas das operadoras móveis.

Não é segredo que o Google regista a localização dos telefones - muitas das aplicações que usamos regularmente não funcionam sem serviços de localização ativados.

A Google não tardou a reagir ao relatório divulgado pelo Quartz e garante que até ao final deste mês de Novembro lançará uma actualização no seu sistema operativo que já não utilizará a técnica da triangulação para determinar a localização dos utilizadores. "Entretanto, nunca incorporados as Cell Ids em nossos sistemas de sincronização em rede, então esses dados eram imediatamente descartados". Mesmo que o Google não utilizasse os dados, especialistas de segurança dizem que a coleta sem permissão é potencialmente arriscada.


Popular

CONNECT