Nome de Abel é 'descartado', e Palmeiras conversará com Roger Machado

O Palmeiras segue atrás de um técnico para comandar o elenco em 2018. O acordo, que ainda não está assinado, foi definido na tarde desta quarta-feira e terá duração até dezembro de 2018.

O técnico é uma vontade do presidente Maurício Galiotte, que antes sondou Abel Braga, que negocia permanência no Fluminense e, por isso, esfriou a vontade alviverde. Para começar o próximo ano, a diretoria quer Abel Braga, atual comandante do Fluminense.

O clube confirmou na última terça-feira que não irá efetivar Valentim como técnico para a próxima temporada, apesar de Mattos oferecer a vaga de auxiliar novamente.

O nome dele era o terceiro na lista de prioridades do clube.


Roger Machado está sem emprego desde julho, quando deixou o Atlético-MG.

A diretoria alviverde acabou fechando com sua terceira opção: a primeira, Mano Menezes, renovou com o Cruzeiro. Ele chegou a ser procurado por outros clubes depois disso, mas avisou que não gostaria de iniciar um trabalho em meio de temporada.

Aos 42 anos de idade, Roger começou a carreira como auxiliar-técnico no Grêmio, em 2011, onde passou dois anos. Confira abaixo alguns comentários de palmeirenses sobre a possível contratação do técnico pela equipe paulista.


Popular

CONNECT