Após fracassar com o Chile, Pizzi assume a seleção da Arábia Saudita

Depois de demitir Edgardo Bauza do comando técnico da seleção, a Arábia Saudita poderá ter um outro treinador argentino no comando da seleção que vai disputar a Copa do Mundo da Rússia.

Além de Pizzi, outros nomes eram cogitados para o lugar de Bauza na Arábia Saudita: entre eles Guus Hiddink, Gheorghe Hagi e Michel Preud'homme. O escolhido foi Juan Antonio Pizzi, recém-demitido da seleção do Chile após não conseguir a classificação para o mundial. Teve dois triunfos sobre seleções mais fracas - 5 a 2 sobre a Jamaica e 2 a 0 sobre a Letônia -, mas também acumulou três derrotas - 3 a 0 para Gana, 3 a 0 para Portugal e 1 a 0 para a Bulgária. O resultado tirou o time chileno do Mundial de 2018. O argentino assumiu a Roja em janeiro de 2016 e conquistou a Copa América Centenário no ano passado e ficou com o vice da Copa das Confederações em 2017, perdendo a final para a Alemanha.


Popular

CONNECT