Opep estende corte de produção de petróleo até o fim de 2018

Os contratos futuros do petróleo fecharam em alta consistente hoje, um dia depois de membros e não membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) concordarem em estender um acordo de corte de produção até 2018.

A Rússia, não membro da Opep e que neste ano reduziu a produção de forma significativa juntamente com o restante do cartel, vem pressionando por uma mensagem clara sobre como sair dos cortes para que o mercado não entre em uma situação de déficit. A decisão já havia sido antecipada por fontes. Ele também disse que o estoque dos países que não participam do acordo "continua uma questão a observar".

O acordo atual dos produtores, sob o qual estão reduzindo a oferta em cerca de 1,8 milhão de barris por dia (bpd), em um esforço para dar suporte aos preços do petróleo, expira em março.

As cotações do petróleo recuam neste momento, uma vez que a decisão veio dentro do esperado e não trouxe surpresas, de acordo com analistas.

Às 9h37, o barril de WTI para entrega em janeiro tinha alta de 0,75%, a US$ 57,83.


Popular

CONNECT