Última Superlua de 2017 ocorre neste domingo ao redor do mundo

De acordo com o Observatório Astronómico de Lisboa, a melhor altura para se observar a superlua é quando nasce.

- Superlua não é um termo científico; mas é eficaz para descrever o fenômeno, que diz respeito tanto à Lua cheia quanto à nova - afirmou o astrofísico italiano Gianluca Masi. Dia 3 de Dezembro poderá ver a Super Lua em fase de lua cheia.

Para quem curte astronomia, neste final de semana teremos a primeira - e única - super Lua (cheia) do ano de 2017. No Rio de Janeiro, porém, as nuvens tendem a ocultar o brilho deste fenômeno, que ocorre quando o satélite natural do planeta atinge seu ponto de maior proximidade em relação à Terra; o perigeu. Em 2017, o astro estará cerca de 12% mais brilhante do que o normal, passando a ser considerado o mais brilhante dos últimos tempos. Irá parecer ainda mais ampliada devido à sua aproximação do horizonte. Quando o perigeu é menor que 357,9 mil quilômetros, diz-se que há uma superlua, e o satélite se mostra um pouco maior e mais brilhante que o habitual.

As superluas acontecem quando a Lua cheia está no ponto mais próximo de sua órbita em torno da Terra. Além da de hoje (3), as próximas superluas poderão ser vistas no dia 1º de janeiro, abrindo o ano de 2018, e no dia 31 de janeiro, fechando o primeiro mês do ano.

A 14 de dezembro do ano passado, o fenómeno da superlua foi peculiar.


Popular

CONNECT