Vídeo: Bombeiro furta viatura e é preso na Esplanada dos Ministérios

Um bombeiro militar furtou do quartel um caminhão do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal e, no volante da viatura, tentou invadir a Esplanada dos Ministérios em Brasília, sendo parado pelas forças de segurança na altura do Ministério do Planejamento.

Após ser preso, o bombeiro foi levado para o 1º Batalhão de Corpo de Bombeiros.

A ideia inicial era acompanhar o veículo até que o combustível se esgotasse, para capturar o bombeiro. Ele só foi parado quando policiais militares atiraram contra os pneus da viatura quando ele se aproximava da Esplanada dos Ministérios.

Segundo a assessoria da Polícia Militar (PM), viaturas da Patrulha Tático Móvel e da Ronda Tático Motorizada chegaram a disparar nos pneus da viatura; para interromper o curso do veículo que, após rodar por mais de meia hora, chegava à Praça dos Três Poderes pela Via S1.

A informação inicial é a de que o sargento teria entrado em surto psicótico. Em nota, a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal informou que "não foram encontrados elementos que apontam para a caracterização de atentado terrorista, em conformidade com a Lei 13.260/16, que trata dos crimes de terrorismo".

O texto, assinado também pelo Corpo de Bombeiros Militar e pelas polícias Militar e Civil do DF, afirma ainda que, a princípio, não foi encontrado nenhum elemento que permita caracterizar a atitude do 2º sargento Fabrício Marcos de Araújo como um ato terrorista. O Militar em questão encontra-se detido no Núcleo de Custódia do CBMDF e será submetido à audiência de custódia. Um bombeiro major, oficial de plantão na unidade, deu a voz de prisão.


Popular

CONNECT