Tripulantes de empresa aérea chinesa avistaram míssil norte-coreano

A tripulação a bordo do voo CX893 da Cathay Pacific, que faz a rota de São Francisco, Estados Unidos, a Hong Kong, na China, testemunhou o mais recente teste de mísseis da Coreia do Norte.

Em comunicado, enviado ao The Independent, a companhia aérea de Hong Kong adianta que o fenómeno foi observado "à distância" na passada quarta-feira, data do lançamento do novo modelo de um míssil balístico intercontinental (ICBM), batizado de Hwasong-15. Mesmo com a aeronave longe do local do evento, a tripulação avisou ao Japan ATC (controle de tráfego aéreo) e continuou a operação do itinerário em segurança. "Estamos em contato com as autoridades competentes e organismos da indústria, bem como outras operadoras". A empresa disse que ficará atenta para possíveis novos testes ordenados por Pyongyang, apesar de não ter alterado nenhuma de suas rotas. Na semana passada, pilotos de dois voos diferentes da Korean Air também disseram que viram flashs que acreditavam ter relação com o míssil disparado pelo regime de Kim Jong-un.

Tripulação da Cathay Pacific viu lançamento de míssil norte-coreano do avião
Tripulações de aviões civis alegam ter visto míssil lançado pela Coreia do Norte

O míssil norte-coreano alcançou uma altitude de 4.475 quilômetros antes de cair no Mar do Japão (East Sea) a cerca de 950 quilômetros de onde havia sido lançado.


Popular

CONNECT