Gêmeos rivais de Zuckerberg se tornam os primeiros bilionários de bitcoins

Os irmãos gêmeos Cameron e Tyler Winklevoss são mais conhecidos por sua rivalidade com Mark Zuckerberg graças ao processo movido por eles contra o criador do Facebook. Os gêmeos Cameron e Tyler Winklevoss, fizeram um investimento de R$ 35 milhões em 2013 e hoje eles estão bilionários.

Segundo analistas, o interesse tem aumentado por conta das perspectivas futuras do uso de moedas virtuais. A moeda virtual, que surgiu em 2009, teve uma valorização meteórica neste ano.

De 2013 pra cá, a valorização do Bitcoin ficou acima dos 10.000%, algo realmente espantoso até mesmo para os mais otimistas. Em janeiro de 2017, uma bitcoin era vendida por menos de 900 euros.

Após ganharem notoriedade pela disputa com Zuckerberg, os gêmeos viraram celebridade.

Os gémeos descrevem a bitcoin como um ativo melhor do que o ouro. Desde então, eles já investiram em mais de 50 startups, dentre elas empresas como o aplicativo de transporte espanhol Cabify.


Popular

CONNECT