Rejeição ao Parlamento tem novo recorde no país

O atual Congresso brasileiro é, na média, o mais mal avaliado de que se tem registro. No segundo semestre, 56% da população rejeitava o trabalho dos parlamentares, de acordo com o instituto. Não souberam responder ao questionamento 3% dos entrevistados.

Nos dois últimos levantamentos do Datafolha sobre o Congresso - em dezembro de 2016 e abril de 2017 - a reprovação já havia sido recorde.


O índice de reprovação de 2015 até agora nunca ficou abaixo de 41%. O levantamento, feito nos dias 29 e 30 de novembro, mostra que 60% dos brasileiros consideram ruim ou péssimo o desempenho dos 513 deputados federais e 81 senadores. As pesquisas do Datafolha tiveram início em 1993.


Popular

CONNECT