Incêndio na Califórnia obriga milhares de pessoas a deixarem suas casas

Pelo menos 27 mil pessoas já deixaram suas casas e 250 mil estão sem energia elétrica.

"Caso se produza um incêndio haverá a possibilidade de um deslocamento muito rápido" e "um comportamento extremo do fogo que poderá ameaçar vidas e propriedades", acrescentou o serviço meteorológico.

Segundo o Washington Post, o incêndio pode seguir afetando a região até quinta-feira, principalmente por conta das condições climáticas da cidade de Santa Ana, com muitos ventos e baixa humidade.

Cerca de 150 casas já foram consumidas.

Mark Lorenzen, chefe da brigada de Bombeiros do condado de Ventura, confirmou um morto na sequência de um acidente rodoviário, durante a fuga para escapar às chamas. Segundo a CNN, este incêndio corresponde a duas vezes o tamanho da ilha de Manhattan.

As autoridades ampliaram as ordens de desocupação para incluir casa Ventura, condado com mais de 100 mil habitantes. Batizado de Check Fire, o fogo já atingiu mais de 4.000 hectares e continua crescendo.

Milhares de pessoas retiradas de casa e quase 200 residências destruídas é o balanço provisório dos incêndios de grandes dimensões no estado norte-americano da Califórnia. As autoridades emitiram uma lista de ruas que devem ser desocupadas.

Os incêndios florestais são comuns na Califórnia e em outubro 44 pessoas morreram em um deles. A queimada mais violenta atingiu a cidade de Santa Rosa, no condado de Sonoma.


Popular

CONNECT