Balança comercial tem superávit de US$ 4998 bi em dezembro

A balança comercial brasileira teve um superávit de US$ 5 bilhões em dezembro, informou o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic) nesta terça-feira.

Na pesquisa Focus realizada semanalmente pelo Banco Central junto a uma centena de economistas, a expectativa é de que em 2018 o Brasil registre um superávit comercial menor, de 52,5 bilhões de dólares.

Os preços subiram mais que a quantidade de produtos exportados pelo Brasil no ano passado.

Com isso, a corrente de comércio alcançou valor de US$ 30,193 bilhões em dezembro. Em agosto, o superávit comercial já havia ultrapassado o saldo de todo o ano de 2016. Enquanto o índice da quantidade de importações aumentou 6,5% no ano passado na comparação com 2016, o preço desses itens subiu 3,8%.


As exportações somaram US$ 217,7 bilhões no ano passado _um crescimento de 18,5% em relação a 2016 quando se leva em conta a média diária, usada para excluir os efeitos de mais ou menos dias contabilizados em cada ano.

O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, explicou que, em 2016, o saldo positivo foi influenciado, principalmente, pela queda nas importações.

O destaque foi a alta de 42,8 por cento nas compras de combustíveis e lubrificantes. Para ele, o resultado de 2017, com exportações crescendo acima das importações, mostra "uma retomada real das exportações". Apenas as importações de bens de capital (máquinas e equipamentos) apresentaram resultado negativo, com uma queda de 11,4% em relação a 2016.

No caso das vendas de produtos brasileiros para outros países, todas as categorias se destacaram, como as exportações de produtos básicos (alta de 28,7%), semimanufaturados (+13,3%) e manufaturados (+9,4%).


Popular

CONNECT