Jovem surfista portuguesa morreu intoxicada com monóxido de carbono

A surfista açoriana Tânia Oliveira morreu no primeiro dia de 2018, em Ponta Delgada, na sequência de uma intoxicação devido à inalação de monóxido de carbono.

Ainda não são conhecidos detalhes sobre a intoxicação que vítimou a jovem, no entanto, as autoridades continuam a investigar. "A atleta Tânia Oliveira, uma das mais jovens promissoras surfistas, faleceu esta segunda-feira", informou a Federação Portuguesa de Surf numa nota publicada no site.

A Federação Portuguesa de Surf já manifestou o seu pesar pela morte de Tânia Oliveira.


O corpo de Tânia Oliveira vai estar em câmara-ardente, a partir das 19h00, desta terça-feira, na capela do Cemitério de São Joaquim (entrada norte), estando a missa de corpo presente agendada para amanhã, às 11h00, no mesmo local.

A jovem, de 20 anos, sagrou-se vencedora em todas as competições a nível regional, tendo ocupado ainda o vigésimo lugar na Liga MEO Surf em 2017.

Descarregue a nossa App gratuita.


Popular

CONNECT