Mercado prevê crescimento de 1% do PIB em 2017

Os economistas do mercado financeiro revisaram para cima sua estimativa para o crescimento da economia brasileira em 2017 e também neste ano. Para 2018, a estimativa subiu de 2,68 para 2,70%.

O Produto Interno Bruto é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país e serve para medir a evolução da economia.

Já as estimativas para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), indicador oficial que mede a inflação, o mercado manteve a inflação de 2017 em 2,78%.


A expectativa em relação à taxa básica de juros, a Selic, já foi concretizada. Para 2018, a expectativa foi elevada de 2,68% para 2,70%. Desse modo, a inflação pode ficar entre 3% e 6% sem que a meta seja formalmente descumprida. O IPCA projetado em 2018 foi verificado em 3,96% nas últimas duas semanas. Já a previsão para a Selic é que ela termine 2018 a 6,75%, após fechar o ano passado na mínima histórica de 7%.

A projeção do boletim Focus para o resultado da balança comercial (resultado do total de exportações menos as importações), em 2017, permaneceu inalterada em US$ 66 bilhões de resultado positivo. E para 2018, ficou em US$ 52,50 bilhões.

Os economistas consultados pelo BC esperam que o dólar encerre o ano a R$ 3,30. Para 2018 a taxa ficou em R$ 3,34.


Popular

CONNECT