Vendas crescem 9,23% no setor automobilístico

"Quedas sucessivas dos juros e da inadimplência, o aumento da empregabilidade e um melhor acesso ao crédito resultaram na melhora nos índices de confiança e expectativa do consumidor e do empresário, fazendo com que aumentasse o consumo, revertendo, assim, o cenário negativo inicial", argumentou Assumpção Júnior. Já com relação a dezembro de 2016, quando foram licenciadas 298.871 unidades, houve leve crescimento, de 0,80%. Em dezembro, foram 1,3 mil unidades exportadas, expansão de 39,1% em relação a igual mês do ano anterior. Em dezembro, foram 1,3 mil unidades produzidas, expansão de 35,9% sobre o desempenho de igual mês do ano anterior, mas retração de 20,6% na comparação com novembro.

O ano de 2017 representou retomada para o mercado nacional de veículos. Na ocasião, ele comentou que o setor espera um crescimento de dois dígitos nas vendas no mercado interno sobre 2017.

Já as vendas de motos caíram 14,71%, com 851.211 unidades.

No segmento de caminhões, a safra agrícola impulsionou a renovação da frota.

Praticamente todas as categorias de veículos tiveram vendas maiores em 2017.

Entre os pesados, os caminhões tiveram forte reação no último trimestre de 2017.

Entre os ônibus, as três primeiras colocadas são Mercedes-Benz, com 9.076 unidades e 60,11% de fatia do mercado geral destes veículos, Volkswagen-MAN, com 2.180 chassis e 14,44% de participação do mercado e Marcopolo (miniônibus Volare), com 1.474 unidades e 9,76%.

As vendas de veículos novos em dezembro no país somaram 212,6 mil unidades, crescimentos de 4 por cento sobre o volume emplacado em novembro e sobre o licenciado em dezembro de 2016, informou a fonte citando dados preliminares. De acordo com a Federação Nacional da Distribuição dos Veículos Automotores (Fenabrave), foram realizados esse ano 40,2 mil emplacamentos, no Estado, contra 36 mil, no ano passado.

A fabricação dos chamados veículos leves, que somam os segmentos de automóveis e comerciais leves e representam mais de 90% do setor, atingiu 2,6 milhões de unidades em 2017.


Popular

CONNECT