Anvisa proíbe leite condensado por conter bactéria perigosa: veja marca e lote

Três meses depois de ter sido vetado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária, um lote de leite condensado da marca Fazendeira agora está definitivamente proibido de ser vendido em todo o país. Estafilococo é um tipo de bactéria relativamente comum, mas que pode provocar dor de barriga e vômitos.

A Anvisa informa que o lote de número 0681M1, com validade até 17/1/2018, foi interditado após a publicação do laudo produzido pelo Laboratório Central Noel Nutels, do Rio de Janeiro, que registrou a presença da bactéria Estafilococos coagulase positiva acima dos padrões permitidos pela legislação.

Em nota, a empresa informou que já recolheu todo o produto que estava no mercado.


O produto, logo, não deve ser consumido, sobretudo por aqueles em situações mais vulneráveis como crianças, idosos ou pessoas que já estão doentes. A Anvisa determinou que a Baduy e Cia Ltda. promova o recolhimento de todo o estoque existente no mercado. Caso se sinta lesado, procure um órgão de defesa do consumidor na sua cidade.

A interdição preventiva, imposta em setembro, foi convertida agora em proibição uma vez que a empresa não apresentou qualquer contraprova à agência dentro do prazo de 90 dias. "A qualidade e a uniformidade dos nossos produtos seguem rigorosamente os requisitos regulamentares pelo MAPA/DIPOA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento /Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal)", disse a empresa. Ainda de acordo com a empresa, não foi registrada nenhuma reclamação relacionada ao lote citado e análise feita por empresa contrata pela fabricante, no mesmo lote analisado pela Anvisa, não encontrou irregularidades.

"A FRIOLACK é uma empresa que está há dezoito anos no mercado de produtos laticínios, com inúmeros prêmios conquistados, se preocupa com a qualidade e com controle microbiológico efetivo de todos os produtos e linhas produtivas".


Popular

CONNECT