Chinesa Didi Chuxing confirma compra do controle da brasileira 99

O termo é utilizado para startups cujo valor de mercado iguala ou supera a marca de US$ 1 bilhão.

As duas empresas não informaram os valores da transação.

Em 2017, a Didi Chuxing já tinha participado numa ronda de investimento de 100 milhões de dólares na empresa brasileira para ajudar a expansão da 99 para mais cidades. Ao longo daquele ano, as duas empresas estreitaram suas relações, sobretudo nas áreas de tecnologia, inovação de produtos, desenvolvimento de mercado e gerenciamento operacional.


Empresa chinesa Didi Chuxing compra o controle da brasileira 99 por US$1 bilhão. O caso mais emblemático já tem oito anos: a venda do Buscapé para o grupo sul-africano Naspers em 2009, por US$ 342 milhões. Em 2016, a Didi comprou os negócios da Uber na China por US$ 35 bilhões. O movimento de compra da 99 está inserido no contexto dos planos agressivos da Didi para a América Latina.

Entre as rivais do Uber em que a Didi já investiu estão Ola (Índia), Grab (Cingapura), Taxify (Estônia) e Careem, no Oriente Médio. A internacionalização é nossa prioridade, declarou o CEO da chinesa, Cheng Wei.

De acordo com os chineses, a nova injeção de capital será utilizada para expansão internacional e também para pesquisas sobre inteligência artificial, além de outras ainda mais avançadas. Em umas das reuniões, o presidente da DiDi, Liu Qing disse a delegação brasileira durante um encontro aberto também para a imprensa "Somos responsáveis, só na China, por 20 milhões de corridas diárias, oferecendo não apenas soluções de transporte mais eficiente nas grandes cidades, mas produzindo dados sobre mobilidade e necessidades dos usuários que podem auxiliar nos controles de tráfego, ajudando os departamentos de trânsito das cidades a controlarem ou reduzirem os indesejáveis engarrafamentos". A elevação no valuation faz com que a 99 seja o primeiro "unicórnio" brasileiro. A maior parte delas é atendida por táxis -o app foi lançado em 2012 exclusivamente na categoria. Foi só em 2016 que a companhia lançou o 99Pop, uma modalidade de transporte particular semelhante à Uber. A categoria funciona em mais de 30 cidades, entre elas São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba e Salvador. Além disso, recebeu duas das maiores rodadas de investimento da história no País, de nomes como SoftBank e Didi Chuxing.


Popular

CONNECT