Fugitivo do Complexo Prisional de Aparecida é preso no Rio de Janeiro

A polícia prendeu, neste domingo (7) em Cabo Frio, no Rio de Janeiro, o homem apontado como chefe de uma das facções criminosas que atuam nos presídios de Goiás.

As três rebeliões ocorridas na última semana levantaram várias discussões, tanto no Poder Judiciário, quanto no Executivo, responsável pelos presídios.

Stephan foi encontrado em um apartamento de luxo no bairro Vila Nova, em Cabo Frio, e deve ser encaminhado para Goiás. O criminoso fugiu do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia (GO) em novembro de 2017, onde cumpria pena desde 2014 por diversos crimes. Há uma investigação em curso para saber se houve facilitação em sua fuga naquela oportunidade.

A ação ocorreu em apoio a policiais civis do estado de Goiás e cumpriu um mandado de prisão expedido pela Justiça de Goiás. Junto do chefe do Comando Vermelho foram encontrados vários aparelhos celulares, joias, dinheiro e cadernos de anotações sobre o tráfico de drogas. Em outubro, conseguiu permissão para cumprir o restante da pena em regime semiaberto.Stephan foi transferido da Penitenciária Odenir Guimarães para a Colônia Agroindustrial, palco de recentes rebeliões, a primeira delas com 242 fugitivos, 14 feridos e nove mortos.

Segundo a Polícia Civil do Rio, Stephan é apontado como líder de uma facção criminosa que atua em Goiás e é investigado por dezenas de homicídios em Goiás, na disputa territorial com outras facções. A motivação dos ataques seria uma rixa entre grupos criminosos. Pelo menos duas das vítimas foram decapitadas. Na terça-feira (2/1), dois servidores do sistema penitenciário foram assassinados a tiros em Anápolis (GO).


Popular

CONNECT