"Perder por um ou por quatro é exatamente igual" — Pedro Martins

O avançado do Vitória SC assumiu-se como peça fundamental esta temporada, tendo já apontado 12 golos em 27 jogos.

"Hoje, voltou-se a escrever que, provavelmente, ele estaria ansioso, mais nervoso".

O futuro de Raphinha é incerto no Vitória SC, mas o técnico Pedro Martins reitera total confiança no avançado brasileiro.

"Ele sabe qual é seu caminho".


A surpresa que se verificava ao intervalo no Estádio do Dragão acabou por dar lugar ao desfecho esperado inicialmente: o Vitória de Guimarães vencia por 1-0, com golo de Raphinha aos 21 minutos, mas Aboubakar, Brahimi e Marega (bis) recolocaram o FC Porto na rota do triunfo (4-2) e no topo do campeonato. Está calmo e está completamente concentrado no Vitória, está ciente da sua responsabilidade.

O clube vitoriano já afirmou, num comunicado publicado na quarta-feira, que o jogador vai permanecer em Guimarães até ao final da época 2017/18 e que "tem mantido conversações com diversos clubes", além do Sporting.

Satisfeito com o plantel ao seu dispor e com a qualidade dos seus jogadores quer humana, quer profissional, Pedro Martins comentou ainda o mercado de transferências de inverno, defendendo que "todas as alterações têm de ser cirúrgicas". "Um jogador que não esteja bem fisicamente em janeiro provavelmente só começa a render em março", observou.


Popular

CONNECT