Militar da GNR agredido durante ação de fiscalização. Condutor em fuga

O militar agredido recebeu tratamento hospitalar, tendo sido suturado na cabeça, mas já teve alta e esta quinta-feira já voltará ao serviço.

Após ter sido perseguido por uma patrulha, a viatura que não parou na operação STOP acabou por se despistar. Os quatro ocupantes da viatura, um ligeiro misto de passageiros, acabaram por ser detidos no local, sendo que o condutor pôs-se em fuga.

O "Jornal de Notícias" refere que o condutor da viatura conseguiu roubar uma arma ao elemento da GNR agredido. Um deles está a monte e os restantes estão detidos na GNR de Castelo Branco a aguardar para serem ouvidos em tribunal. A terceira é uma menor de 15 anos.

Perante a fuga da viatura, a GNR encetou a perseguição, mas a carrinha em causa, que transportava cinco pessoas, aparentando todas ter entre 30 a 35 anos, acabou por se despistar. "O homem não vai pernoitar, porque não foi agressor", disse a fonte.

A GNR está a patrulhar a zona no sentido de capturar o fugitivo.


Popular

CONNECT