Assaltantes levam milhões em jóias do Ritz de Paris

O hotel Ritz de Paris foi assaltado esta quarta-feira por cinco homens armados com machados.

No início da noite de quarta-feira, cinco homens assaltaram o mítico palácio parisiense, levando relógios de luxo e joias em exibição no hotel localizado na Place Vendome, onde se concentram joalherias e relojoeiros de luxo.

A polícia também conseguiu recuperar parte dos bens roubados, mas disse que ainda procura o restante das joias e dois suspeitos. Outra fonte disse à Reuters que o valor do material roubado pode ascender aos 4,5 milhões de euros, mas uma das malas foi recuperada, pelo que o valor em falta é menor.

O ministro francês do Interior, Gérard Colomb, elogiou já a atuação das forças de autoridade, que foram rápidas a deter três dos elementos.

Os ladrões teriam entrado no Ritz por uma porta lateral na rua Cambon e então se dirigido para a joalheria Reza, que fica dentro do hotel. "Acabei no porão do Ritz e continuei correndo, sem saber exatamente onde estava" disse uma mulher que se identificou apenas como Jennifer à agência de notícias Associated Press. A socialite americana Kim Kardashian perdeu milhões de dólares em joias durante um roubo armado em um apartamento de Paris em outubro de 2016. O estabelecimento abrigou nomes famosos, como Ernest Hemingway e Coco Chanel. A princesa Diana estava hospedada no local antes do acidente que a matou em 1997 -seu namorado, Dodi Fayed, era filho do dono do Ritz, o egípcio Mohamed al-Fayed.


Popular

CONNECT