Chuvas na região: População deve ficar em alerta, sugere Defesa Civil

Ele diz que qualquer barulho ou movimento de terra deve ser comunicado à defesa Civil pelo 199 ou ao corpo de bombeiros pelo 193. Os municípios da região registraram mais de 30 minutos de chuva forte, o que causou alagamentos em pontos críticos destas cidades.

Devido aos altos volumes de chuva registrados em Santa Catarina a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE) da Secretaria de Estado da Saúde (SES) alerta a população e os serviços de saúde para a possibilidade de aumento de agravos, como leptospirose e acidentes com animais peçonhentos. A prefeitura da capital catarinense decretou situação de emergência e orienta os moradores a não saírem de casa. Em São João Batista, na Grande Florianópolis, Gabriele Lopes, de 8 anos, morreu anteontem, depois que uma árvore caiu sobre o telhado da garagem onde brincava.

Segundo a Defesa Civil, um homem também é procurado no Morro do Quilombo, em Florianópolis.

A chuva que afeta o litoral de Santa Catarina, especialmente a região de Florianópolis, deixou pelo menos dois mortos e outros dois desaparecidos entre quarta-feira (10) e esta quinta (11).

Além da capital, os municípios de Imbituba, Braço do Norte, São José, São João Batista, Biguaçu, São Francisco do Sul, Penha, Itapema, Lauro Muller (pelos danos na Serra do Rio do Rastro), Porto Belo, BalneárioCamboriú, Itajaí, Bombinhas, Navegantes, Taió, Camboriú, Governador Celso Ramos, Palhoça e Tijucas registraram problemas por causa da chuva e contam no último balanço da Defesa Civil estadual, divulgado às 10h44.

Chuva causa alagamentos e estragos na Grande Florianópolis
Chuva causa alagamentos e estragos na Grande Florianópolis

Outro ponto crítico que já registra alagamento é a rua Lili Bruns, no bairro Nova Brasília, conforme um morador local que entrou em contato com o departamento de jornalismo.

Ao longo desta sexta-feira a prefeitura de Florianópolis também mobilizou equipes e limpeza para remover resíduos que estavam sobre pistas e calçadas, como restos de vegetação, entulhos e móveis que se acumularam após a enxurrada.

Tempo: sol com algumas nuvens e pancadas de chuva isolada à tarde e noite, típicas de verão.

O Vórtice Ciclônico de Altos Níveis não perdeu força no Nordeste - houve apenas a migração desse sistema. Duas pessoas seguem desaparecidas.

Para a sexta-feira, 12, a previsão é de sol em boa parte do dia, com pancadas isoladas de chuva na tarde e noite no Meio-Oeste e Planalto Sul. Nas demais regiões do Litoral, o total de chuva nestes três dias ficou entre 30 a 50mm.


Popular

CONNECT