Falha de segurança do Whatsapp expõe conversas em grupo

A descoberta foi feita por um grupo de pesquisadores da Ruhr University Bochum, na Alemanha.

Um elemento da criptografia usada no WhatsApp tem permitido que conversas, especialmente em grupo, caiam nas mãos erradas.

Uma brecha na segurança do WhatsApp permite adicionar contatos em grupos sem a permissão do administrador. No documento, os autores da pesquisa descrevem que "qualquer pessoa que controle os servidores do WhatsApp, incluindo funcionários da empresa, pode adicionar membros a qualquer grupo", sem que o dono do grupo em questão perceba.

Em contato com a Wired, um porta-voz do WhatsApp declarou que a empresa está "analisando a questão cuidadosamente", garantindo que "os membros de um grupo são alertados quando um novo usuário é adicionado". Feito isto, o penetra conseguiria ler as mensagens. Além disso, para corrigir a "falha", a empresa tinha retirar o recurso para adicionar novos membros através do URL. "O conteúdo das mensagens enviadas nos grupos do WhatsApp permanece protegido pela criptografia de ponta a ponta".


Popular

CONNECT