Luto: Meia da Juazeirense morre durante o treinamento

Ele chegou a ser reanimado, mas não resistiu.

Segundo o Juazeirense, Danilinho disputou apenas uma partida pelo Cancão, na estreia do Campeonato Baiano, no empate em 2 a 2 com o Vitória, no Barradão. Natural de Bauru, no interior de São Paulo, Danilo Caçador deixa esposa e um filho de 10 anos.

Segundo informações do site Globoesporte.com da Bahia, de acordo com a assessoria de imprensa da equipe, o jogador de 32 anos já tinha treinado e estava parado no momento em que se sentiu mal, agachado no gramado, observando o treinamento.


O atleta estava na Juazeirense desde dezembro de 2017. Encaminhado ao Hospital Memorial de Petrolina, o atleta chegou ainda com vida, mas foi declarado morto por volta das 17h30. Antes de chegar ao time, o meia Danilinho passou pela Chapecoense, Figueirense, Atlético-GO, Cuiabá, Itumbiara, Icasa e jogou a Série C do Brasileiro no ano passado pelo Remo, do Pará. "A Família Chapecoense reitera os agradecimentos por todos os serviços prestados por Danilinho a nossa instituição e estende a solidariedade por esta grande perda a todos os familiares e amigos".

Danilinho sofreu um mal súbito às 16h55 desta terça-feira durante o treinamento da equipe no estádio Paulo Coelho, em Petrolina. A causa da morte não foi confirmada pelos médicos do Hospital Memorial de Petrolina.

Estamos prestando todo o apoio à família do atleta e o clube fará todos os procedimentos necessários.


Popular

CONNECT