Real Madrid começou a perder, mas parte com vantagem confortável até Paris

PSG e Real Madrid fazem o confronto mais aguardado das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa começa nesta quarta-feira, às 17h45 (de Brasília), no estádio Santiago Bernabéu, em Madri. Um placar de 2 a 0 em favor dos franceses classifica Neymar e cia.

Os franceses decidirão a vaga contra o Real Madrid em jogo de volta, no dia 6 de março, no Parque dos Príncipes.

Naquela oportunidade, Neymar havia sido o grande destaque do time catalão.

Será o primeiro encontro de Cristiano Ronaldo com Neymar no papel de protagonista.

A primeira boa chance de gol ocorreu apenas aos 30 minutos, quando Beriche foi até a linha de fundo e cruzou rasteiro.


O Real Madrid, atual bicampeão europeu, recebe o PSG com Neymar desafiando o cinco vezes melhor do mundo Cristiano Ronaldo. Jogando pelo lado esquerdo do ataque do PSG, participou da maioria das ações ofensivas do time, ora tentando servir os companheiros, ora buscando valer-se das arrancadas em que enfileira adversários. Também pode ser a Liga dos Campeões a salvar-lhe a época, que tem sido desastrosa a nível interno ao contrário do PSG. Neymar, um dos astros do duelo, como sempre apanhando muito e seus marcadores pouco advertidos pelo árbitro italiano Gianluca Rocchi, que aos 14 minutos amarelou o craque brasileiro por falta em cima de Nacho e não amarelou ninguém anteriormente por faltas pesadas em cima do camisa 10 dos parisienses.

Na segunda metade, o PSG esteve sempre melhor, mas não conseguiu marcar.

Cristiano Ronaldo se tornou o primeiro jogador a fazer 100 gols por um só clube na Liga dos Campeões. Cavani quase ampliou a vantagem, mas viu Casemiro aparecer de forma providencial para desviar sua conclusão de dentro da área.

O problema final de Unai Emery com os jogadores foi a "loucura" da escolha pelo meia Draxler no lugar de Lo Celso logo após o segundo gol do Real Madrid. Na cobrança, Cristiano Ronaldo bateu com força no campo para deixar tudo igual. Era a virada aos 38 min.

Num jogo em que o Real Madrid até esteve a perder, dois golos de Cristiano Ronaldo operaram a reviravolta no marcador e deram vantagem na eliminatória. "Ele veio ao clube para nos ajudar a conseguir coisas grandes e este é o momento", resumiu o zagueiro Marquinhos, do Paris Saint-Germain, em entrevista coletiva nesta terça-feira (13).


Popular

CONNECT