Ministro do TSE nega ação de petistas contra Huck e Faustão

Ele deve fazer o anúncio formal nesta sexta (16).

Além disso, diante das manifestações dadas por Huck de que não deve ser candidato à Presidência da República neste ano, Napoleão entendeu que não há um fato a ser analisado pela Justiça Eleitoral. A manutenção da desistência foi adiantada pelo site "O Antagonista" na tarde desta quinta (15) e confirmada por sua assessoria.

A saída de Huck da disputa beneficia o presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB), que deve ser o candidato único do centro. FHC ponderou sobre as dificuldades da campanha, mas manteve o estímulo ao apresentador se lançar.

O partido pediu que a Corregedoria caracterizasse o abuso de poder econômico e dos meios de comunicação da TV Globo e do apresentador Fausto Silva, e que Huck ficasse inelegível ou tivesse negado seu pedido de registro de candidatura, quando viesse a apresentá-lo ao tribunal.


O ex-presidente foi duramente criticado por setores de seu partido que viram no apoio uma constatação de pouca viabilidade eleitoral do governador paulista, que ainda enfrentará prévias com o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio.

O apresentador disse a interlocutores que foi uma decisão difícil, que está triste, mas que os prazos o estrangularam. Além disso, uma eventual candidatura iria obrigar a mulher de Huck, a apresentadora Angélica, a também deixar de ter vínculos com a emissora.

Huck deve publicar um novo artigo explicando seus motivos.


Popular

CONNECT