Denúncia sugere alegada corrupção na vitória do FC Porto no Estoril

Ao Observador, a Procuradoria-Geral da República (PGR) já confirmou que houve, de facto, uma denúncia anónima na terça-feira, por alegados atos de corrupção e fraude na segunda parte do jogo que aconteceu no passado dia 21 de fevereiro.

Cabe agora ao DIAP analisar a denúncia.

Já nesta quinta-feira jornal A Bola dá conta de uma denúncia sobre uma alegada reunião entre dirigentes do FC Porto e da Traffic, dias antes da realização da segunda parte do jogo dos dragões no Estoril.


Além disso, terá também sido entregue o talão de uma transferência bancária em cerca de 730 mil euros - transferência essa que foi, alegadamente, feita depois de o jogo terminar, com vitória para os dragões por 3-1, sendo que na primeira parte do jogo tinham perdido por 1-0 contra a equipa da linha. "A mesma foi encaminhada para o DIAP de Lisboa", revelou ao Jornal Económico fonte oficial da PGR.

O FC Porto acabou por vencer o desafio por 3-1, graças aos golos de Soares (bis) e Alex Telles marcados nos segundos 45 minutos, disputados na semana passada.

Esta denúncia anónima em torno do jogo surge depois de várias trocas de acusações entre o director de comunicação do FC Porto, Francisco J. Marques, e o empresário César Boaventura, ligado às transferências de jogadores, como Gabriel Barbosa e Lisandro López, para o Benfica. O empresário terá depois editado a publicação para substituir "administrador da SAD do FC Porto" por "administrador da SAD de um clube". Ou vocês não acharam suspeitos aqueles penáltis do Jardel e do Luisão?


Popular

CONNECT